Câncer de pele

O câncer de pele – o crescimento anormal das células da pele – se desenvolve mais frequentemente na pele exposta ao sol. Mas essa forma comum de câncer também pode ocorrer em áreas da pele normalmente não expostas à luz solar.

Existem três tipos principais de câncer de pele – carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma.

Você pode reduzir o risco de câncer de pele limitando ou evitando a exposição à radiação ultravioleta (UV). Verificar sua pele em busca de alterações suspeitas pode ajudar a detectar o câncer de pele em seus estágios iniciais. A detecção precoce do câncer de pele oferece a maior chance de um tratamento bem-sucedido do câncer de pele.

O câncer de pele se desenvolve principalmente em áreas da pele exposta ao sol, incluindo couro cabeludo, rosto, lábios, orelhas, pescoço, tórax, braços e mãos e nas pernas nas mulheres. Mas também pode se formar em áreas que raramente veem a luz do dia – as palmas das mãos, sob as unhas das mãos ou dos pés e sua área genital.

O câncer de pele afeta pessoas de todos os tons de pele, incluindo aquelas com pele mais escura. Quando o melanoma ocorre em pessoas com tons de pele escuros, é mais provável que ocorra em áreas normalmente não expostas ao sol, como as palmas das mãos e as solas dos pés.

Entre os fatores que podem aumentar o risco de câncer de pele incluem:

  • Pele clara
  • Exposição excessiva ao sol.
  • Olhos azuis ou verdes.
  • Cabelo loiro ou ruivo.
  • Certos tipos de manchas na pele.
  • História familiar de câncer de pele.
  • História pessoal de câncer de pele.
  • Idoso.
  • Uma história de queimaduras solares.
  • Um sistema imunológico enfraquecido.
  • Exposição à radiação.
  • A exposição a certas substâncias, como o arsênico, pode aumentar o risco de câncer de pele.

Como prevenir o câncer de pele?

  • Evite exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h.
  • Use sempre protetor solar, mesmo em dias nublados, não se esqueça de usar filtro apropriado para os lábios
  • Use roupas de proteção, bonés ou chapéus, óculos escuro com proteção UV, se proteja em lugares com sombra.
  • Evite camas de bronzeamento.
  • Examine frequentemente a sua pele em busca de novos crescimentos ou alterações nas manchas, sardas, inchaços e marcas de nascença existentes.

A cirurgia é o tratamento mais indicado. A radioterapia e a quimioterapia também podem ser utilizadas, dependendo do estágio da doença.